skip to Main Content
Medicina Personalizada Na Oncologia

Medicina personalizada na Oncologia

Esse método permite identificar características específicas do câncer, oferecendo tratamentos menos tóxicos e mais eficientes.

Por Natália Mancini 

O nome “medicina personalizada” pode parecer redundante, visto que todos os tratamentos deveriam levar em consideração as características individuais do paciente. Mas esse método vai além disso, ele busca traços específicos da doença e oferece um tratamento mais eficaz. É por isso que ele tem sido tão pesquisado e discutido na Oncologia.

Na medicina tradicional, a terapia utilizada é definida com base nos aspectos clínicos do paciente. Ou seja, se ele está forte ou fraco e qual o tipo da doença, normalmente, identificada por meio da biópsia. Isso é tratamento individualizado.

Já na medicina personalizada, com base nas particularidades clínicas, é indicada a realização de testes específicos. Tanto para a própria pessoa, para analisar, por exemplo, como ela responde a certos remédios, quanto para a doença.

“Na medicina personalizada você acrescenta testes que vão identificar características a mais da pessoa. Isso fornece mais uma peça do quebra-cabeça para tomar as melhores decisões para aquele paciente”, explica o Dr. Diogo Bugano, oncologista do Hospital Israelita Albert Einstein.

O conceito desse tipo de medicina nasceu nos anos 70 nos Estados Unidos na “Guerra Contra o Câncer”. O objetivo era investir muito dinheiro em pesquisas na Oncologia para descobrir como a doença funciona. Consequentemente, seriam criadas várias terapias-alvo e descobriria-se a cura para o câncer.

Apesar de ter nascido com esse foco, atualmente, o método pode ser utilizado para várias outras doenças, principalmente a parte dos exames. Por exemplo, doenças cardíacas e alguns quadros psiquiátricos que dependem de fatores genéticos.

Como a medicina personalizada funciona?

medicina personalizada, medicina personalizada cancer, medicina personalizada em, oncologia artigos, medicina personalizada no brasil, medicina genômica, futuro da medicina no brasil, medicina do futuro, medicina oncologica, exame de farmacogenética, teste farmacogenético preço, teste farmacogenetico preço, delboni painel farmacogenetica, terapia alvo, terapia alvo oncologia, imunoterapia terapia alvo, terapia alvo em oncologia, terapia alvo para cancer, terapia alvo molecular, terapia alvo cancer, terapia alvo cancer de pulmao, terapia alvo molecular cancer, terapia alvo o que é, câncer de pulmão terapia alvo imunoterapia, o que é imunoterapia, imunoterapia cancer, imunoterapia o que é, imunoterapia como funciona, imunoterapia para cancer, o que e imunoterapia, tratamento imunoterapia, tratamento oncológico, quimioterapia, o que é quimioterapia, como é feita a quimioterapia, tipos de quimioterapia, efeitos da quimioterapia, quimioterapia e radioterapia, como funciona a quimioterapia, tratamento individualizado, efeitos colaterais, material genético, certo para a pessoa certa, genética do paciente, medicina personalizada é, tipo de câncer, cada paciente, alto custo, projeto genoma humano, informações genéticas, paciente é, medicina de precisão, acesso a informações, agência nacional de saúde, tratar doenças, medicina personalizada pdf, medicina personalizada no brasil, medicina personalizada cancer, medicina personalizada conceito, medicina personalizada como funciona, medicina personalizada diagnostico, medicina personalizada artigo, medicina personalizada roche, biomarcadores câncer, medicina de precisão o que é, medicina de precisão oncoclínicas, medicina personalizada oncologia, saúde de precisão, medicina genômicaPara entender como ela atua, é preciso dividi-la em duas partes. A primeira são os testes no próprio paciente e no tumor. Já a segunda, são os medicamentos, escolhidos a partir dos resultados apontados pelos exames.

Dentro da primeira etapa, é comum que os exames feitos  no paciente em si analisem órgãos como o rim e o fígado. Com isso, o médico pode verificar como está o funcionamento e, caso seja necessário, mudar o tratamento devido ao resultado.

É feito também o exame de farmacogenética, um teste de sangue que permite observar como o paciente metaboliza um medicamento.

“Tem paciente que ao tomar o remédio, a droga entra no corpo e nunca mais sai. Isso pode causar muitos estragos”, exemplifica o Dr. Bugano.

Enquanto que os exames feitos no tumor podem ser desde uma análise feita no microscópio, chamada de imuno-histoquímico, até um teste genético.

“Tudo isso para ver como aquele tumor funciona e definir qual o melhor tratamento”, o oncologista diz.

Nessas análises feitas no tumor são identificadas características específicas responsáveis por fazer ele funcionar. Ou seja, fatores que só existem nas células cancerosas, que não estão presentes nas células saudáveis e que, sem eles, o câncer não consegue sobreviver.

Esses fatores podem ser uma molécula, gene, enzima ou hormônio e são chamados de biomarcadores, isto é, marcadores biológicos.

Com essas informações em mãos, o oncologista consegue identificar qual a melhor estratégia para aquele caso. Muitas vezes, optando pela terapia-alvo.

“Essas são drogas que atuam somente naquela característica. Então quando se acha isso, acha também um tratamento muito eficaz e com baixíssima toxicidade”, o doutor conta.

Vantagens da medicina personalizada

medicina personalizada, medicina personalizada cancer, medicina personalizada em, oncologia artigos, medicina personalizada no brasil, medicina genômica, futuro da medicina no brasil, medicina do futuro, medicina oncologica, exame de farmacogenética, teste farmacogenético preço, teste farmacogenetico preço, delboni painel farmacogenetica, terapia alvo, terapia alvo oncologia, imunoterapia terapia alvo, terapia alvo em oncologia, terapia alvo para cancer, terapia alvo molecular, terapia alvo cancer, terapia alvo cancer de pulmao, terapia alvo molecular cancer, terapia alvo o que é, câncer de pulmão terapia alvo imunoterapia, o que é imunoterapia, imunoterapia cancer, imunoterapia o que é, imunoterapia como funciona, imunoterapia para cancer, o que e imunoterapia, tratamento imunoterapia, tratamento oncológico, quimioterapia, o que é quimioterapia, como é feita a quimioterapia, tipos de quimioterapia, efeitos da quimioterapia, quimioterapia e radioterapia, como funciona a quimioterapia, tratamento individualizado, efeitos colaterais, material genético, certo para a pessoa certa, genética do paciente, medicina personalizada é, tipo de câncer, cada paciente, alto custo, projeto genoma humano, informações genéticas, paciente é, medicina de precisão, acesso a informações, agência nacional de saúde, tratar doenças, medicina personalizada pdf, medicina personalizada no brasil, medicina personalizada cancer, medicina personalizada conceito, medicina personalizada como funciona, medicina personalizada diagnostico, medicina personalizada artigo, medicina personalizada roche, biomarcadores câncer, medicina de precisão o que é, medicina de precisão oncoclínicas, medicina personalizada oncologia, saúde de precisão, medicina genômicaNa área dos testes, a principal vantagem é o desenvolvimento do painel molecular. Já na parte dos medicamentos é a eficiência do método.

Normalmente, os testes genéticos para identificar os biomarcadores do câncer são feitos por um. Dessa forma, gasta-se uma quantidade maior de material biopsiado e leva mais tempo para identificar a alteração corretamente.

De acordo com o Dr. Bugano, o problema disso é que há uma grande possibilidade de faltar material, já que para cada teste é utilizado um pedaço da biópsia. Além disso, levar mais tempo para identificar a alteração significa iniciar o tratamento tardiamente, possivelmente interferindo nas chances de cura.

Entretanto, com o painel molecular é possível testar várias alterações genéticas ao mesmo tempo com, somente, um pedaço da biópsia.

“Fazer tudo junto talvez seja mais barato porque se faz um painel com as várias mutações. Assim, é possível usar o mesmo painel para tipos diferentes de tumor”, o oncologista considera.

Já para o paciente, a terapia-alvo apresenta uma grande eficiência no tratamento oncológico. Isso acontece, pois ela ataca somente as células cancerosas, como explicado anteriormente. Consequentemente, são menos tóxicas para o corpo, diminuindo, também, os efeitos colaterais.

O especialista ressalta que “o impacto no corpo vai ser menor que uma quimioterapia. Entretanto, infelizmente, não quer dizer que você não sinta nada, a droga não consegue fazer coisas tão específicas”.

As chances de cura com a terapia-alvo variam muito de acordo com o medicamento e com o tipo do câncer. Porém, em geral, elas conseguem diminuir consideravelmente o tamanho do tumor. Por outro lado, em certos casos, apesar de dessa terapia não conseguir curar a doença, consegue controlá-la e oferece uma boa qualidade de vida para o paciente.

E se eu não for tratado com medicina personalizada?

medicina personalizada, medicina personalizada cancer, medicina personalizada em, oncologia artigos, medicina personalizada no brasil, medicina genômica, futuro da medicina no brasil, medicina do futuro, medicina oncologica, exame de farmacogenética, teste farmacogenético preço, teste farmacogenetico preço, delboni painel farmacogenetica, terapia alvo, terapia alvo oncologia, imunoterapia terapia alvo, terapia alvo em oncologia, terapia alvo para cancer, terapia alvo molecular, terapia alvo cancer, terapia alvo cancer de pulmao, terapia alvo molecular cancer, terapia alvo o que é, câncer de pulmão terapia alvo imunoterapia, o que é imunoterapia, imunoterapia cancer, imunoterapia o que é, imunoterapia como funciona, imunoterapia para cancer, o que e imunoterapia, tratamento imunoterapia, tratamento oncológico, quimioterapia, o que é quimioterapia, como é feita a quimioterapia, tipos de quimioterapia, efeitos da quimioterapia, quimioterapia e radioterapia, como funciona a quimioterapia, tratamento individualizado, efeitos colaterais, material genético, certo para a pessoa certa, genética do paciente, medicina personalizada é, tipo de câncer, cada paciente, alto custo, projeto genoma humano, informações genéticas, paciente é, medicina de precisão, acesso a informações, agência nacional de saúde, tratar doenças, medicina personalizada pdf, medicina personalizada no brasil, medicina personalizada cancer, medicina personalizada conceito, medicina personalizada como funciona, medicina personalizada diagnostico, medicina personalizada artigo, medicina personalizada roche, biomarcadores câncer, medicina de precisão o que é, medicina de precisão oncoclínicas, medicina personalizada oncologia, saúde de precisão, medicina genômicaToda essa tecnologia faz muitas pessoas pensarem que apenas esses métodos diferenciados são eficazes, o que não é verdade.

Em alguns casos, não é possível identificar o biomarcador daquele tumor ou, então, não há tratamento para aquele biomarcador. Assim, são utilizados outras ferramentas disponíveis para atacar o câncer, os tratamentos mais gerais, como quimioterapias e radioterapia.

Esse cenário pode ser um momento de decepção para o paciente, já que ele realizou vários testes e, teoricamente, nenhum resultado foi obtido. Entretanto, o Dr. Bugano explica que não há motivos para se sentir dessa forma.

“Não é para ficar decepcionado. O teste serviu para mostrar que tal droga não ia funcionar e você ia estar só perdendo tempo. As pessoas têm ideia que só a terapia-alvo é boa e, na verdade, o que queremos na medicina personalizada é dar o tratamento certo para a pessoa certa. E, às vezes, a quimioterapia pode ser a melhor opção”, diz ele.

Medicina personalizada no Brasil

medicina personalizada, medicina personalizada cancer, medicina personalizada em, oncologia artigos, medicina personalizada no brasil, medicina genômica, futuro da medicina no brasil, medicina do futuro, medicina oncologica, exame de farmacogenética, teste farmacogenético preço, teste farmacogenetico preço, delboni painel farmacogenetica, terapia alvo, terapia alvo oncologia, imunoterapia terapia alvo, terapia alvo em oncologia, terapia alvo para cancer, terapia alvo molecular, terapia alvo cancer, terapia alvo cancer de pulmao, terapia alvo molecular cancer, terapia alvo o que é, câncer de pulmão terapia alvo imunoterapia, o que é imunoterapia, imunoterapia cancer, imunoterapia o que é, imunoterapia como funciona, imunoterapia para cancer, o que e imunoterapia, tratamento imunoterapia, tratamento oncológico, quimioterapia, o que é quimioterapia, como é feita a quimioterapia, tipos de quimioterapia, efeitos da quimioterapia, quimioterapia e radioterapia, como funciona a quimioterapia, tratamento individualizado, efeitos colaterais, material genético, certo para a pessoa certa, genética do paciente, medicina personalizada é, tipo de câncer, cada paciente, alto custo, projeto genoma humano, informações genéticas, paciente é, medicina de precisão, acesso a informações, agência nacional de saúde, tratar doenças, medicina personalizada pdf, medicina personalizada no brasil, medicina personalizada cancer, medicina personalizada conceito, medicina personalizada como funciona, medicina personalizada diagnostico, medicina personalizada artigo, medicina personalizada roche, biomarcadores câncer, medicina de precisão o que é, medicina de precisão oncoclínicas, medicina personalizada oncologia, saúde de precisão, medicina genômicaAtualmente, esse tipo de medicina é utilizada no país, principalmente, para alguns cânceres hematológicos, como a leucemia mielóide crônica, e para câncer de mama. Alguns testes e medicamentos estão disponíveis no Sistema Único  de Saúde (SUS) e outros, os convênios cobrem. Entretanto, o acesso não é tão fácil quanto os médicos desejam.

“Muitas das decisões tomadas para os pacientes de LMC já dependem de testes no tumor e no paciente. É tão integrado que boa parte dos testes são práticas habituais e pagos pelo convênio. Enquanto que outros são coisas muito novas e ainda não são realizados”, o oncologista fala.

Devido ao alto custo dos exames e medicamentos, a incorporação no SUS encontra dificuldades para avançar. Entretanto o Dr. Bugano acredita que com o passar do tempo, o preço irá diminuir e a importância desses métodos ficará mais evidente e, com isso, serão disponibilizados pelo SUS.

Um teste como painel molecular custa entre R$2 mil e R$5 mil e os medicamentos podem chegar a R$20 mil por mês. Apesar de parecer um custo muito alto, é o preço médio de uma quimioterapia.

As terapias-alvo que já podem ser encontrados no SUS são o Trastuzumabe, para câncer de mama, e o Imatinibe, para LMC.

“Claro que é devagar e queríamos que fosse mais rápido. Porém, as coisas estão acontecendo e estão acontecendo mais rápido que antes”, considera o especialista

Medicina personalizada no futuro

medicina personalizada, medicina personalizada cancer, medicina personalizada em, oncologia artigos, medicina personalizada no brasil, medicina genômica, futuro da medicina no brasil, medicina do futuro, medicina oncologica, exame de farmacogenética, teste farmacogenético preço, teste farmacogenetico preço, delboni painel farmacogenetica, terapia alvo, terapia alvo oncologia, imunoterapia terapia alvo, terapia alvo em oncologia, terapia alvo para cancer, terapia alvo molecular, terapia alvo cancer, terapia alvo cancer de pulmao, terapia alvo molecular cancer, terapia alvo o que é, câncer de pulmão terapia alvo imunoterapia, o que é imunoterapia, imunoterapia cancer, imunoterapia o que é, imunoterapia como funciona, imunoterapia para cancer, o que e imunoterapia, tratamento imunoterapia, tratamento oncológico, quimioterapia, o que é quimioterapia, como é feita a quimioterapia, tipos de quimioterapia, efeitos da quimioterapia, quimioterapia e radioterapia, como funciona a quimioterapia, tratamento individualizado, efeitos colaterais, material genético, certo para a pessoa certa, genética do paciente, medicina personalizada é, tipo de câncer, cada paciente, alto custo, projeto genoma humano, informações genéticas, paciente é, medicina de precisão, acesso a informações, agência nacional de saúde, tratar doenças, medicina personalizada pdf, medicina personalizada no brasil, medicina personalizada cancer, medicina personalizada conceito, medicina personalizada como funciona, medicina personalizada diagnostico, medicina personalizada artigo, medicina personalizada roche, biomarcadores câncer, medicina de precisão o que é, medicina de precisão oncoclínicas, medicina personalizada oncologia, saúde de precisão, medicina genômicaA ideia é que a medicina personalizada possa, no futuro, ajudar todos os pacientes oncológicos de forma igualitária.

“Existem dois componentes: é preciso ter bons testes que sejam confiáveis, rápidos e baratos. Também necessita ter remédios que atuem nessas alterações”, detalha o médico.

Ele ainda considera que houve um grande avanço em relação aos testes. Visto que, hoje em dia, é possível encontrá-los por preço mais ou menos acessível e em um curto tempo.

Em relação aos medicamentos, o oncologista conta que a cada ano são desenvolvidos e aprovadas novas terapias-alvo. Ou seja, apesar de ser uma importante barreira, há muitos estudos sendo realizados para tratar aqueles cânceres que ainda não possuem um remédio específico.

“Temos mais e mais testes por um preço menor e com maior velocidade. E também temos uma maior quantidade de remédios de acordo com esses testes. Acho que a medicina personalizada não é o futuro, já é o presente e a tendência é isso crescer”, finaliza o Dr. Diego Bugano.

Back To Top