skip to Main Content
A Importância Da Pesquisa Clínica E Tratamento Seguro Do Câncer

A importância da Pesquisa Clínica e tratamento seguro do Câncer

Temas são debatidos em Reunião dos Grupos de Trabalho do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer

A Reunião Geral dos Grupos de Trabalho do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer aconteceu hoje, dia 27 de maio, de forma online. 

Merula Steagall, presidente da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia e idealizadora do Movimento TJCC, ressaltou que o 7° Congresso Todos Juntos Contra o Câncer será realizado nos dias 22 a 24 de Setembro, em formato digital, mantendo a qualidade e trazendo muitas inovações. Serão mantidos os painéis, estandes e o network entre os participantes e palestrantes. Em breve, novas informações e as inscrições, estarão disponíveis no site do evento: https://www.congresso.tjcc.com.br/

Cenário da Pesquisa Clínica no Brasil

Itaciara Monteiro, paciente de Leucemia Mieloide Crônica, compartilhou sua história e a importância da Pesquisa Clínica em sua vida. Relatou aos presentes que em 2001 ingressou em um estudo clínico e sua trajetória foi reescrita. Há dezenove anos tomando a mesma medicação, os resultados exitosos tornaram possíveis muitas conquistas pessoais e melhora em sua qualidade de vida. Concluiu  frisando que a Pesquisa Clínica é a esperança para muitos pacientes. 

O Grupo de Trabalho de Pesquisa Clínica apresentou a importância dos estudos clínicos no Brasil e os principais desafios enfrentados pelo setor atualmente. O líder do GT e diretor da ABRACRO, Francisco Sanches, relatou como a pesquisa clínica é fundamental para impulsionar novos tratamentos que contribuem para solucionar as necessidades médicas hoje não atendidas. Complementou, que promove mais acesso aos pacientes, atrai investimentos, fomenta a economia nacional e incentiva a inovação e produção científica. 

Os integrantes do GT de Pesquisa Clínica também se apresentaram:

  • A Sonia Dainesi, da Associação Brasileira de Medicina Farmacêutica (SBMF) mencionou que ao longo de sua trajetória pôde acompanhar diversos avanços na ciência. Salienta que os estudos clínicos impactam positivamente na vidas de muitos pacientes, sendo preciso colocá-los no centro desta questão, a fim de compreender as necessidades reais e elaboração de protocolos assertivos; 
  • Dr. Luis Lopez Martinez, Gerente de Pesquisa Clínica do Escritório de Pesquisa Clínica – HCFMUSP, também acredita no empoderamento do paciente, frisa a relevância de um projeto regulatório que torne o processo ágil e desburocratizado, desta forma, serão viáveis avanços nas pesquisas clínicas no país. Atenta que a legislação atual, torna o ambiente desafiador e pouco atrativo para os centros acadêmicos e universidades. Finaliza destacando a necessidade do aprimoramento dos canais que divulgam os estudos nacionais e alerta para a urgência da criação de bancos nacionais para as pesquisa nacionais;
  • André Gomes, representante da Aliança Pesquisa Clínica Brasil, salienta a morosidade da aprovação dos estudos. Os longos prazos fazem com que o país perca competitividade em estudos internacionais;
  • Nelson Francisco Corrêa Netto, pesquisador do Departamento de Pesquisa da Abrale e do Observatório de Oncologia, discorre sobre a importância das pesquisas clínicas para os pacientes oncológicos. A desburocratização, proporcionará um ambiente ético, ágil e devidamente regulado, tais pontos promoverão a crescente na quantidade de estudos brasileiros, ampliando o acesso à saúde e melhores tratamentos aos pacientes.

O Projeto de Lei 7.082/2017 que tramita no Congresso Nacional, desde 2015, tem como objeto instituir o Sistema Nacional de Ética em Pesquisa Clínica com Seres Humanos, propor um marco regulatório na área para assegurar que haja uma lei federal tratando do tema e desburocratizando a pesquisa clínica no Brasil. O referido projeto de lei, aguarda um parecer desde agosto do ano passado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados. 

No dia 30 de Março de 2020, o Deputado Hiran Gonçalves (PP – Roraima) apresentou um Requerimento de Urgência 511/2020 para imediata apreciação do Projeto de Lei 7.082/2017. Os líderes dos partidos já assinaram, agora só falta o Deputado Rodrigo Maia (DEM – RJ), atual presidente da Câmara dos Deputados, aprovar para que a proposição seja colocada na Ordem do Dia. 

Confira aqui, na íntegra, a Nota Pública do Movimento TJCC a respeito do Projeto de Lei 7.082/2017.  

Tratamento Seguro do Câncer

O Dr. Reitan Ribeiro, Diretor Científico da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica, expôs a iniciativa Vias seguras de COVID-19, a qual sugere um modelo para garantir a assistência aos pacientes com câncer e outras doenças graves de forma segura, evitando a contaminação com coronavírus.  

O conjunto de práticas e estruturas de saúde propostas, contemplam desde o diagnóstico, passando pelo tratamento e acompanhamento do paciente, enquanto durar a crise da pandemia. Para saber mais acesse: https://www.viaslivresdecovid.com/

Agradecemos às pessoas e parceiros que trabalham arduamente no Movimento TJCC, de forma voluntária, durante todo o ano para a melhoria do cuidado oncológico no Brasil.

 

 

Back To Top