skip to Main Content
Campanha Do Outubro Rosa Tem Origem Na Década De 1990

Campanha do Outubro Rosa tem origem na década de 1990

Uma pequena fita rosa levada no peito. Um símbolo de luta e da importância da prevenção do câncer de mama. A campanha do Outubro Rosa é um movimento global que começou nos anos 1990. O mês de outubro passou a ser dedicado à conscientização sobre a doença, destacando a necessidade do diagnóstico precoce e do tratamento adequado para as pacientes.

Em 1982, nos Estados Unidos, foi fundada uma organização não-governamental em homenagem a Susan G. Komen, que morreu de câncer de mama. A instituição passou a realizar eventos para levantar fundos em prol de pesquisas no combate à doença. Em 1986, ocorreu o primeiro mês de conscientização em outubro. E, em 1991, a fundação adotou a fita rosa como símbolo da causa e distribuiu uma a cada participante da Corrida pela Cura de Nova York.

Mais do que ser associada ao feminino, as organizadoras escolheram a cor rosa por ser um tom de saúde. Popularmente, uma pessoa corada geralmente é considerada saudável.

No Brasil, o primeiro ato em alusão ao Outubro Rosa aconteceu em 2002, em São Paulo. Em 2010, o Instituto Nacional do Câncer aderiu ao movimento e passou a promover eventos técnicos e disseminar informações sobre prevenção do câncer de mama.

Como uma das iniciativas para lembrar a luta contra a doença, monumentos icônicos costumam ser iluminados com a cor rosa no mês de outubro. A Torre Eiffel, na França, o Cristo Redentor, no Brasil, a Casa Branca, nos Estados Unidos e até mesmo a Casa Rosada, na Argentina, já colocaram luz sobre a luta contra o câncer de mama.

 

Fonte:   / 

Back To Top