skip to Main Content
Boas Notícias Para Os Pacientes Que Usam Planos De Saúde!

Boas notícias para os pacientes que usam planos de saúde!

Novos tratamentos oncológicos são incluídos no Rol da ANS

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou, em 24 de fevereiro de 2021, a Resolução Normativa (RN) que atualiza o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde (Rol da ANS), a listagem mínima obrigatória de exames, consultas, cirurgias e demais procedimentos que os planos de saúde devem oferecer aos consumidores.

Com esta decisão, ficaram definidos os novos exames e tratamentos que passam a fazer parte da lista obrigatória dos planos de saúde. São 69 novas coberturas, além de outras alterações, que ampliam e qualificam a assistência aos beneficiários.

Em relação aos procedimentos para Oncologia, foram incluídos:

  • Exame de Detecção por Técnicas Imunohistoquímicas – PD-L1 para Câncer de Pulmão;
  • Exame de Pesquisa de Mutações – FLT3 para Leucemia Mieloide Aguda;
  • Radioterapia intraoperatória por Elétrons (IOERT) para Câncer de Mama;
  • Alinhamento com as Indicações do Ministério da Saúde para o Transplante de Células Tronco Hematopoiéticas.

Também foram incorporados 19 antineoplásicos orais que contemplam 28 indicações de tratamento para diversos tipos de câncer:

Mama: Abemaciclibe (2 indicações), Ribociclibe (2 indicações) e Pabociclibe (2 indicações);

Pulmão: Alectinibe, Esilato de Nintedanibe e Osimertinibe;

Rins: Cabozantinibe;

Fígado: Regorafenibe e Lenvatinibe;

Melanoma: Cobimetinibe e Dabrafenibe em combinação com Trametinibe;

Próstata: Apalutamida e Enzalutamida;

Mieloma: Citrato de Ixazomibe e Lenalidomida (3 indicações);

Síndrome Mielodisplásica: Lenalidomida;

Linfoma de Células do Manto: Ibrutinibe;

Leucemia Mieloide Crônica: Nilotinibe.

A Resolução Normativa que estabelece a nova lista de coberturas entrará em vigor no dia 01/04/2021. Esse tempo é necessário para que as operadoras de planos de saúde se adequem à norma. O Rol de Procedimentos é válido para os beneficiários de planos de saúde contratados a partir de 2 de janeiro de 1999, os chamados planos novos. Os planos contratados antes dessa data, foram adaptados à Lei dos planos de saúde.

Participações na Consulta pública

A ampliação da participação social no processo de atualização do Rol foi um dos destaques desse ciclo de revisão das coberturas obrigatórias. A sociedade civil pôde participar em dois momentos: na fase inicial, mediante submissão de propostas de atualização por meio de formulário eletrônico; e posteriormente, na etapa de Consulta Pública, em que os interessados puderam contribuir para as propostas que foram submetidas à avaliação.

No período em que a consulta pública esteve aberta (de 8/10/2020 a 21/11/2020), a ANS recebeu 30.658 contribuições, um aumento de 500% em relação à última consulta pública para revisão da lista de coberturas, realizada em 2017, que teve 5.259 contribuições. Destaca-se importante participação dos pacientes, familiares, amigos ou cuidadores de pacientes, que juntas somaram 9.535 contribuições.

A ANS disponibiliza, em seu portal na internet, a planilha de todas as contribuições recebidas e a Nota Técnica nº 3, contendo a análise realizada.

Clique aqui para acessar todas as informações relacionadas à consulta pública 

Clique nos links abaixo e confira as notas técnicas e anexos pertinentes ao tema:

Fonte: ANS define novas coberturas dos planos de saúde – http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/consumidor/6207-ans-define-novas-coberturas-dos-planos-de-saude

 

 

 

 

 

 

Back To Top