skip to Main Content

Participe das consultas públicas para cânceres no SUS

Têm consultas públicas abertas para a Oncologia no SUS. A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde – CONITEC abriu três consultas públicas para ouvir a opinião da sociedade sobre a incorporação ou não das tecnologias abaixo. Atente-se aos prazos e participe dos espaços de decisão sobre a sua saúde. A sua opinião poderá ajudar a ampliar o acesso a medicamentos e procedimentos aos pacientes oncológicos, usuários do SUS. 

Como faço para participar?

Faça o login com a sua conta no Gov.BR e selecione o formulário e a consulta pública que deseja preencher. Caso não tenha sua conta Gov.Br, é possível criá-la neste link: Criar sua conta

Pelo Formulário de Experiência ou Opinião, você pode enviar um comentário sobre experiência ou opinião com o tema, como paciente, familiar, amigo, cuidador de paciente, profissional de saúde, interessado no tema e outros. Já o Formulário Técnico-científico é direcionado para acrescentar ou discutir evidências científicas ou econômicas sobre a tecnologia avaliada.

Consulta Pública Nº 57 – Prazo: até 15/01/2024  

Tecnologia avaliada: Durvalumabe para o tratamento de pacientes com câncer de pulmão de células não-pequenas (CPCNP) estágio III irressecável, cuja doença não progrediu após a terapia de quimiorradiação à base de platina.

Os ensaios clínicos demonstraram que o tempo de vida ganho após o tratamento com o durvalumabe foi de 47,5 meses contra 29,1 meses com o uso de placebo. A taxa do tempo de vida sem progressão da doença em cinco anos chegou a  33,1%. Contudo, a recomendação inicial da Conitec – desfavorável à incorporação – considerou a qualidade de vida, eventos adversos e o custo da tecnologia para comparar com outros medicamentos disponíveis. Saiba mais 

Recomendação inicial da Conitec: não favorável à incorporação

Participe da consulta pública:

Consulta Pública Nº 63 – Prazo: até 15/01/2024

Tecnologia avaliada: Acetato de lanreotida e acetato de octreotida de liberação prolongada para o tratamento de pacientes com sintomas associados a tumores endócrinos gastroenteropancreáticos funcionais 

Atualmente o medicamento está disponível no SUS para tratamento de acromegalia e não tinha indicação para tratamento de tumores endócrinos, até ser solicitada à Conitec. Apesar das evidências clínicas, o impacto orçamentário justificou a recomendação preliminar desfavorável à incorporação da tecnologia pela Comissão. Saiba mais 

Recomendação inicial da Conitec: não favorável à incorporação.

Participe da consulta pública:

Consulta Pública Nº 65 – Prazo: até 17/01/2024

Tecnologia avaliada: Testagem molecular para detecção de HPV e rastreamento do câncer do colo do útero 

Estudos mostraram que o teste molecular apresentou maior detecção de casos de câncer do colo do útero em estágio inicial, antecedendo em até dez anos o diagnóstico pelo exame preventivo Papanicolau, podendo ser um importante aliado nas estratégias e programas de rastreamento do câncer. Saiba mais 

Recomendação inicial da Conitec: favorável à incorporação

Participe da consulta pública:

 

 

Fonte: Comunicação Movimento TJCC

Back To Top